sexta-feira, 2 de julho de 2010

Tá certo que o sonho acabou, mas também não precisa virar pesadelo, não é?






"Merece minha admiração por ter sido autêntico o tempo todo. Pelo menos perdeu com ombridade, não perdeu por dinheiro".
...
Hoje o mundo todo viu o Brasil perder de virada e de forma inacreditável para Holanda, nas quartas de final da Copa 2010 na África do Sul. Nesse momento vários sentimentos se afloram: tristeza, decepção, angústia, culpa, enfim... Surgem as críticas e aquelas palavrinhas: - mas se, e deveria e poderia. Aqui tem isso não, até mesmo porque ninguém vive de possibilidades e suposições, ninguém pode prever o que vai acontecer, se pudesse seria bom demais e as coisas seriam tão diferentes. O fato é, foi feito o que deveria ter sido feito, jogou quem deveria jogar, foi convocado que mereceu ser e agora não adianta chorar pelo leite derramado, nem achar um culpado. O show foi dado. A imprensa e a população cai em cima de Dunga. Falar é fácil, vai fazer então. Lembro do que Galvão Bueno disse após o término do jogo: "Esse era o final do filme que o trailler já mostrava". Aí Dunga é isso, Dunga é aquilo, Dunga num presta, Dunga é burro, mas me pergunto: Se o Brasil fosse Hexa Dunga seria o quê? Provavelmente seria o cara, seria o Bam Bam Bam, o herói do Brasil. Isso prova o quão medíocres somos. Não falo isso por ser adepta de Dunga, falo pelo simples fato das pessoas pensarem tão pequeno, afinal, depois de algumas noites de sono ninguém mais lembrará desse dia. A verdade é que ninguém perdeu. Os jogadores, os jornalistas, as emissoras, as grandes marcas, o comércio, a Fifa continuam cada vez mais ricas e no final do espetáculo a África voltará a ser aquele país pobre e miserável de sempre, sem holofotes e sem recursos financeiros pra se manter e sair do lamaçal. Pra bons entendedores meias palavras bastam.
Agora acabou o falso patriotismo dos idiotas da objetividade.

Um comentário:

Dyana disse...

Por isso que eu continuo cantando: Golllll ô ô ô, ô ô ô ô ô, BRASILL.. gol de placa, de trivela, no cantinho pra desempatar... é campeão, é campeãoo..