quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Dia triste - Refúgio em Deus

Mais perto quero estar de ti meu Deus, Deus meu...

"As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o 'melhor'das oportunidades que aparecem em seus caminhos. A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas. O futuro mais brilhante é baseado num presente intensamente vivido. A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar, duram uma eternidade".

Sabe quando você acorda de bem com a vida? Feliz, com o pensamento: hoje vai ser diferente. Então, hoje acordei assim... Minha manhã foi assim, feliz, diferente. Até que de repente tudo mudou! Palavras machucam, ação, ou a falta dela machuca. Não sou perfeita (passo muito longe disso) mas também não sou a pior pessoa do mundo (como pintam muitas vezes). É o meu jeito, sou diferente, sei que tenho tantas coisas pra melhorar, todos os dias quando acordo penso nisso, e peço a Deus pra me ajudar.O silêncio tem sido meu companheiro nos últimos dias. Sempre que se inicia uma discussão, por qualquer motivo que seja opto por ficar calada, mas às vezes isso dói tanto, o bom é que esqueço as coisas com facilidade.
O mundo não é um mar de rosas. É um lugar ruim e asqueroso e não importa o quão forte você é, ele te deixará de joelhos e te manterá assim se permitir. Nem eu, nem você, nem ninguém baterá tão forte quanto a vida. Mas isso não se trata de o quanto se bate forte. Se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. É assim que se consegue vencer. Agora, se você sabe o seu valor, vai e conquiste...
Depois de toda confusão, fui tomar um banho quente pra esfriar a cabeça. Pois é, interessante, banho quente pra esfriar a cabeça. Fiquei tempos debaixo do chuveiro ouvindo: "Nessas horas que eu me lembro, que o sofrimento é um megafone, é Deus pra mim gritando que eu não sou a super-mulher. Que eu sou de carne e osso, que eu vou passar sufoco.Vou fazer o quê? Não vou esconder meu choro.Às vezes é mais fácil fingir, eu sei,fazer de conta que tá tudo bem, que tá tudo zen, disfarçar que não tem nada dando errado,mas eu não sou a super girl.Mesmo tropeçando eu tô aprendendo, tô descobrindo que pra tudo existe um tempo. Por isso eu tô na luta, tô sobrevivendo. São nessas horas que eu me lembro,que às vezes eu machuco, às vezes me machucam.Explodindo por fora, explodindo por dentro mas eu tô aprendendo, tô aprendendo"... Depois disso me isolei no lugar mais calmo da casa, ao som de músicas tranquilas que me fizeram meditar por um bom tempo. Fiquei ali, deitada, horas, olhando pro céu, pro sol, pros pássaros a voar, pras folhas que balançavam, pro horizonte que meus olhos não alcançava. Conversei com Deus,e comigo mesma. Pensei tantas coisas, um filme se passava em minha mente. Tantas coisas que aconteceram, tantas coisas que mudaram, tantas coisas que já fiz, tantos lugares que já passei,tantas e tantas coisas... Sinto saudade de um tanto delas, mas sei que a vida é assim mesmo, esse furacão em erupção, essa tempestade de mudança e a gente tem que está preparada, a vida não espera. Mas penso: A vida era tão simples, éramos tão inocentes. Mas passou, cresci e tenho que continuar. Apesar dos pesares, foi um bom tempo de reflexão.Um dia exaustivo mas na presença de Deus. Quero sempre estar junto de Ti...

Um comentário:

Dyana disse...

Tem alguma coisa semelhante com o que eu sintoo! muitoo bomm..

amo a musica..nessas horas que eu me lembro...